E o filme de Naruto The Last Dispara em bilheterias brasileiras, quebrando barreiras e mostrando que o Brasil tem força para emplacar bons números com conteúdo oriental.

E como era de suspeitar, o conteúdo Alternativo, como é conhecido o material que vem de fora das grandes produtoras norte americanas, francesas e indianas.

Naruto The Last, não somente mostrou a força que o material produzido pelos Japoneses tem como mostrou que o conteúdo alternativo tem sim, vez no nosso país.


Vídeo: http://www.dailymotion.com/video/x5g7g0w_naruto-shippunden-the-last-movie-pv-01-cc-en_shortfilms

A grande maioria das operadoras de cinema não acreditaram tanto no potencial, e liberou em poucas salas o filme, que na mesma semana alcançou a 7ª posição de bilheterias, alcançando aproximados 500 mil reais de arrecadação.

Se considerado que a série de Naruto é pouco explorada em nosso território, temos que comemorar o resultado positivo, que garantiu próximos filmes para o Brasil.

Mas podemos presumir que o caminho do conteúdo alternativo está muito mais próximo da realidade do que o habitual, como vemos a rápida resposta do brasileiro ao passar pelas bilheterias durante essa semana em busca de ver Dragon Ball Z – O Renascimento de Freeza, que teve até seções nas espetaculares salas da Cinépolis com a tecnologia 4DX, e em vários cinemas nas suas salas especiais Macro Xe, XD, Paltinum, Estadium, Atmos…

COMPARTILHAR
Artigo anteriorReview de Absolute Duo
Próximo artigoE não acabou em Yahari
Experiente editor de mangás e tradutor de animes e séries, gestor de websites e colunista crítico de diversas áreas. Apaixonado por jornalismo e cinema, fanático por boas comédias românticas, curte uma ficção científica e aquele bom e velho filme de aventura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite o seu comentário!
Digite o seu nome aqui